QUERO ABRIR MINHA DROGARIA, POR ONDE COMEÇO?

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInEmail this to someone

Eu tenho quase certeza que você provavelmente já ouviu a pergunta que é título deste artigo, na faculdade, no seu trabalho, ou até mesmo você já se pegou com essa dúvida..

Desde o início da minha graduação até hoje, já passei por várias áreas da nossa profissão: Laboratório, Indústria e pelo varejo sendo proprietário de drogaria e agora como consultor, em todos os lugares me deparei com pessoas com esta dúvida.

Resolvi então abordar um assunto que é a dúvida de centenas de profissionais que pensam, já pensaram ou estão abrindo a sua drogaria. Então, vamos lá?

duvidas-2

Antes que iniciar quero dizer que nada do que vou dizer aqui é uma regra, mas sim orientações e dicas que são baseadas em erros e acertos meus e de profissionais do varejo que conheço. Para deixar a leitura mais interessante dividi tudo em 6 passos que devem ser seguidos ao abrir sua drogaria, na minha opinião o primeiro, o terceiro e o último são os mais importantes!

Vamos ao que interessa:

1 – Capital para investimento

Bom, a primeira coisa que você deve pensar antes de abrir sua drogaria é com certeza a parte financeira, de onde vai vir o seu capital para abrir sua drogaria? Empréstimo, poupança, familiares etc. É muito importante saber exatamente quanto vai poder investir, assim, você desde o começo trabalha com um capital consciente.

2 – Escolha do ponto comercial

Ao saber quanto você vai poder investir, você começa a buscar o ponto comercial, existem vários fatores que devem ser observados no ponto comercial para saber se é um bom ponto. O principal é analisar o fluxo de pessoas.

Quanto maior o número de pessoas que passam na frente do ponto comercial caminhando melhor, se o ponto tiver estacionamento, analise também o volume de carros que passam diariamente na frente do ponto, quanto mais melhor.

Após analisar este números verifique os custos do ponto comercial, como aluguel, seguro, contas como energia elétrica, e o quanto terá que investir para mobilhar o local. Observe quais são os horários de maior movimento, assim pode ter uma ideia do horário de funcionamento da drogaria, se vai ser apenas horário comercial, se vai funcionar também a noite e assim por diante.

Faça uma análise também do bairro onde vai se encontrar a drogaria, a classe social do bairro diz muito sobre o perfil de vendas da drogaria, por exemplo, quanto maior for a renda do bairro, maior o consumo de produtos de perfumaria e medicamentos de referência, nos bairros mais pobres o consumo de medicamentos similares e genéricos e muito maior, o que interfere diretamente na lucratividade e volume de vendas necessário para que a drogaria seja lucrativa.

Um outro ponto importantíssimo é analisar a concorrência, veja se existem outras drogarias na região e qual a força delas. Se o local tiver outros estabelecimentos comerciais próximos, é um ponto positivo, lugares como posto de gasolina, mercados, padarias e hospitais.

3 – Planejamento (vendas, faturamento e capital de giro)

Esta parte é fundamental para a saúde do seu negócio. Agora que você já sabe e já escolheu qual o seu ponto comercial você deve estudar e planejar quais vão ser seus custos fixos, ou seja, quanto você vai gastar todos os meses independentemente das vendas. Geralmente estes custos são: aluguel, energia, telefone, água, sistema de gestão, contador, seguro, mensalidades diversas (empréstimos por exemplo), salário de funcionários e marketing/publicidade.

De posse do valor que você gastará todos os meses, é necessário avaliar o ponto e se certificar que ele tenha potencial para gerar vendas suficientes para pagar todo o custo fixo da drogaria, mais o suficiente para repor o estoque e pagar os impostos.

Esta etapa é fundamental, neste momento não economize tempo ou esforços para conseguir essas informações, procure outros proprietários de drogaria que possam lhe ajudar, ou consultorias farmacêuticas especializadas no assunto. O seu capital de investimento deve ser coerente com o ponto comercial e com a previsão de vendas da drogaria, caso contrário você vai começar um novo negócio já sentenciado a não dar certo

4 – Documentação

Essa parte também é muito importante, existe uma série de documentos que são necessários para se ter uma drogaria sendo os três principais o CNPJ, o certificado de regularidade do CRF e a autorização sanitária.

Nesta etapa é importante atentar-se ao layout da drogaria, e ver se toda a instalação está de acordo com a legislação, como por exemplo a metragem da sala de serviços farmacêuticos, a circulação dos clientes, o armário de medicamentos controlados, área de limpeza, dedetização, ventilação do local e assim por diante. Busque se orientar com os órgãos competentes ou com consultorias especializadas.

5 – Mix de produtos

No momento que for de fato montar sua drogaria, você deve se atentar ao mix de produtos, ou seja, quais os produtos que vão ser colocados na drogaria. De posse das informações do bairro você pode decidir se vai investir mais em dermocosméticos ou em medicamentos similares por exemplo. O mix de produtos é fundamental para a lucratividade de uma drogaria.

6 – Monitoramento

Atentando-se para os 5 passos anteriores você deve monitorar todos os seus resultados, estipule metas de crescimento e esteja preparado para os primeiros meses, que geralmente são os mais difíceis. Tenha uma reserva financeira para o capital de giro, isso pode determinar seu sucesso ou seu fracasso.

Não economize tempo nem dinheiro na busca de informações e ajuda, converse com pessoas mais experientes, pesquise na internet, busque consultorias especializadas e tenha determinação.

Esteja sempre perto de pessoas que queiram o seu crescimento e o seu sucesso!

Gostou do texto? tem uma opinião a respeito? Tem algo a dividir? Deixe um comentário, vou ter o maior prazer em interagir com você!

Vitor Costa – bora bora bora…  😎

4 thoughts on “QUERO ABRIR MINHA DROGARIA, POR ONDE COMEÇO?”

  1. CONHEÇO O PROFISSIONAL E O PROFISSIONALISMO DESTE CONSULTOR, MUITA INFORMAÇÃO IMPORTANTE PARA REPASSAR PARA OS PROPRIETÁRIOS DE FARMÁCIAS E INTERESSADOS EM INVESTIR NESTE RAMO QUE AINDA É BASTANTE PROMISSOR, SE TIVER AS FERRAMENTAS CERTAS É SUCESSO GARANTIDO.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *